O HABITANTE DO ESGOTO: Poesia Oculta (Portuguese Edition) por Iram F. R. Bradock

O HABITANTE DO ESGOTO: Poesia Oculta (Portuguese Edition) por Iram F. R. Bradock

Titulo del libro : O HABITANTE DO ESGOTO: Poesia Oculta (Portuguese Edition)
Fecha de lanzamiento : July 17, 2016
Autor : Iram F. R. Bradock
Número de páginas : 12
Editor : Amazon

O HABITANTE DO ESGOTO: Poesia Oculta (Portuguese Edition) de Iram F. R. Bradock está disponible para descargar en formato PDF y EPUB. Aquí puedes acceder a millones de libros. Todos los libros disponibles para leer en línea y descargar sin necesidad de pagar más.

Iram F. R. Bradock con O HABITANTE DO ESGOTO: Poesia Oculta (Portuguese Edition)

O HABITANTE DO ESGOTO
Poesia Oculta



BIOGRAFIA DO AUTOR:



Iram Fabio Rodrigues Nunes, conhecido como: Iram F. R. Bradock nasceu em 13/09/1981 na maternidade Jesus Nazareno, (FUSAM) da princesa do agreste, morador da Rua Preta, cidade de Caruaru-PE. É filho único, funcionário público contratado pelo município de Caruaru, formado em Gestão Pública. Sua paixão pela literatura começou desde cedo quando sua avó lia poesias diariamente para ele ouvir. Iram começou como letrista em 1997 e entre os anos de 2003 à 2007, iniciou-se como contista com a série: “Contos Carnais do Andarilho das Ruas”.

Em 2011 lançou o primeiro livro intitulado: FANTASMAGORIA [email protected] Livro Bradockiano Sobre Poesias Ocultas, pela Editora ALL PRINT.

Já em 2014 lançou o [email protected] Livro Bradockiano Sobre Poesias Ocultas: O RECEPTÁCULO DE ESPÍRITOS, pela Editora Scortecci.

Lançou pela revolução E-book A QUADRILOGIA POESIA GÓTICA + LIVRO BRADOCKIANO PERDIDO.

São eles:

O VULTO DA CASA VELHA ou A SALA ESCURA [email protected] livro Bradockiano sobre poesias góticas;

O CEMITÉRIOS DOS POEMAS ESQUECIDOS [email protected] livro Bradockiano sobre poesias góticas;

O PRISIONEIRO DA GRADE DO INFERNO [email protected] livro Bradockiano sobre poesias góticas;

O FANTASMA DE UMA MULHER [email protected] livro Bradockiano sobre poesias góticas;

O ORÁCULO DAS POESIAS Livro Bradockiano perdido;

NECRÓPOLE ou A CRUZ ROUBADA DO CEMITÉRIO A lenda da menina com cara de gato (Amazon);

NAS ESQUINAS DA MADRUGADA ou UMA MADRUGADA FANTASMAMGÓRICA
O Retorno da Galega da CADISA (Amazon);

A CAIXA DOS ESPÍRITOS O labirinto do demônio do sexo (Amazon);

O FANTASMA DO RECIFE ANTIGO ( A dama do carnaval ) / Conto / ( Amazon );

CEMITÉRIO DAS CRIANÇAS Contos Bradockianos / CONTOS / (Amazon).

O HOSPITAL AMLDITO / Contos / ( Amazon ).

O VELHO e o CEMITÉRIO / Conto / ( Amazon )

A CIDADE DOS MORTOS NOIADOS / Poesia Oculta / ( Amazon )

O ESPECTRO QUE HABITA AS FOTOGRAFIAS / Poesia Oculta ( Amazon )

Extraído do E-book: O VULTO DA CASA VELHA
[email protected] Livro Bradockiano sobre poesias góticas
ASIN: B00MOWKYBM
A CASA DA BRUXA / Poesia Oculta / ( Amazon )
OS FANTASMAS DA POLITICA
Leos & Áspis Ressurge ( Poesia Oculta ) / Amazon /
O FANTASMA DO RIO IPOJUCA / Poesia Oculta / ( Amazon )
O HABITANTE DO ESGOTO / Poesia Oculta / ( Amazon )


Um Gal'mi criado dentro do Rio Ipojuca: construído com excremento, lama podre, negra e deformadas tartarugas. / O mestre dos malassombros /


- Fora as margens do rio Ipojuca: vira um golem de três metros de altura; era feito de fezes; baratas e pulgas./O Mestre dos malassombros


Citado na bíblia como um Gal'mi Dodão Através da mágica e lama das margens do rio Ipojuca criara; Um homunculo de merda sem alma./O poeta /


- A água clarinha da privada; uma boca de Merda e mijo fictícia; sugara no seu ânus; descera as tripas. /O ataque do habitante do esgoto/



- Puxado por algo, bacio sanitário abaixo; uma força e um odor de fezes e mijo; estourara a sua cabeça pois não passara naquele orifício.



Ao levar uma bronca, fora lá no banheiro, na privada limpando com a escova; fora puxado por algo; de excremento e barro saíra um braço.




O habitante do esgoto golpeara o gigante do Monte Bom Jesus; lhe jogara fezes e urina pura; ambos caíram nas águas poluídas do rio Ipojuca.




Com esperma em uma compota; a velha Luzia nas terras do monte Bom Jesus derramara; acordara o gigante: o homem de Caruara. /Antônio Frabato




Com uns três metros e meio; fora visto saindo do rio Ipojuca; fora feito de fezes, urina e pus; lutara contra o gigante do Monte Bom Jesus.




Os cães fugiram latindo nas margens do rio; um ser de mais de três metros e meio; morando nas águas poluídas; Não falara, mas fedia.




Matar o habitante do esgoto? um ser artificial; com influência da negra lua; construído através do excremento, urina e lama do rio Ipojuca.




Quando jogara esperma na privada; construíra um ser monstruoso; fedia a fe